top of page
  • Foto do escritorRafael Torres

O que temos com os vestidos das pianistas?

Um fenômeno dos últimos 15 anos, talvez mais, talvez menos, é o das pianistas que resolvem tocar com vestidos minúsculos, ou com reveladores decotes, além de sandálias da moda, pulseiras e penteados. Isso, principalmente no começo, gerava comentários e críticas horríveis. Eu acho que a proposta delas era: quero ser julgada por como eu toco, não por como me visto.


Yuja Wang


Yuja Wang
Yuja Wang.

A estrela chinesa Yuja Wang, um dos maiores talentos pianísticos que esse mundo já viu, sofreu um bocado com críticas realmente maldosas: "... mas foi o vestido laranja de Yuja Wang pelo qual noites de terça têm probabilidade de ser lembradas... Seu vestido terça era tão curto e apertado que se tivesse menos dele, o Hollywood Bowl seria forçado a restringir admissão para qualquer amante de música menor de 18 anos não acompanhado. Se seu salto fosse um pouco maior, andar, para não falar do seu sensível pedalizar, teria sido impossível."


Isso no Los Angeles Times, em 2011. O que essa crítica nos diz? Que não importa se estamos no século XXI, ainda somos os mesmos babaquinhas de todos os séculos anteriores.


Já ouvi falar que Friedrich Gulda dava concertos nu, em Viena, nos anos 60. Mas ele é homem. Mas ele é meio louco. Mas ele vivia em tempos de transgressões. Balela. Se pra você, usar roupa curta (em qualquer ocasião) é "transgressão", você é velho. Velho e velhaco.


Se o mundo de hoje não tivesse a Yuja Wang, viveríamos sem conhecer um leque imenso de expressões e interpretações musicais da mais alta qualidade. Não é o vestido, ou a bunda. É o piano.


Imagine que você, macho alfa, vai a um concerto dela e acha que as pernas dela te distraem da música. Que diabo é você? Um desenho animado, que salta os olhos e fica louco ao ver um par de joelhos? Quem te ensinou isso? Bolsonaro? Quem te mandou escutar o Bolsonaro! Se você passou do tempo da 5ª série, crie juízo e saiba valorizar as coisas pelo que elas são.


Mas o que ela quer é chamar atenção


Se ela tivesse um talento minguado, poderíamos até tentar ensaiar dizer que se vestia pouco para compensar. Não tem. Seu talento é um dos mais poderosos do mundo da música. Essa menina toca as partituras mais complexas, chegou a dizer em entrevista que não há mais nada muito desafiador para ela (ela falou isso modestamente, que depois de estudar tanto, nada parece difícil, mais). Ela toca e rege ao mesmo tempo!


Além do mais, é linda, sim, e se sente à vontade com o corpo. E, como quase todas as mulheres que se sentem assim, é possível que goste de exibi-lo. Se você quer criticar moda, foi ao lugar errado. Sala de concerto tem música.


Khatia Buniatishvili



Khatia Buniatishvili
Khatia Buniatishvili.

A georgiana (do país Georgia) Khatia Buniatishvili também tem causado alvoroço pelas roupas curtas. É outra cujo talento está aflorando preconceitos (e derrubando o de alguns). Khátia já gravou Concertos de Rachmaninoff, os Quadros de Uma Exposição, de Mussorgsky, junto com a dificílima La Valse, de Ravel e os Três Movimentos de Petrushka, de Stravinsky. Tudo com perfeição técnica e bom gosto expressivo.


Tive um professor georgiano de canto que tinha estudado no Conservatório de Tblisi com ela. Eu quis perguntar se ela já era boa, mas saiu só "ela já era...?". Ele disse que sim, e fez com as mãos o gesto que caracteriza peitões. Sim, ela já era gostosa. Já pensou? A primeira característica que a pessoa pensa, numa artista tão formidável, é no quanto os seios dela são palatáveis...


O que vemos nessas mulheres formidáveis diz muito mais sobre nós do que sobre elas. Acredito que a polêmica esteja passando e que um debate elucidativo tenha sido criado, nos EUA e na Europa. As duas já tocaram no Brasil, mas como somos o país do biquine, acho que não houve maiores problemas. Mas vez por outra elas devem tocar em lugares onde os machos se cutucam no ombro e fazem gestos de peitões. 5ª série.



 

E, como sempre, o encorajamos a comentar. Nosso dever é difundir a música clássica, e não sabemos exatamente se estamos conseguindo. Às vezes parecemos rádio-amadores, transmitindo para as galáxias (possivelmente) solitárias. Seu comentário faria muita diferença. Pode ser de pirraça, de elogio, de desabafo, de conversa. O que for. Agradecemos. Algumas postagens importantes.


Uma opção para o dilema de tocar ou não Música Russa nos concertos hoje em dia.



Aqui, 10 Livros Sobre Música Clássica


Veja aqui:



As Melhores Orquestras do Mundo:



Perfil da pianista portuguesa Maria João Pires, postagem da nossa correspondente prodígio lusitana Mariana Rosas, do Blog Pianíssimo (www.pianissimo.ovar.info).


Perfil da violinista francesa Ginette Neveu, falecida aos 30 anos em um acidente de avião, em 1949.


Perfil do pianista brasileiro Nelson Freire, considerado um dos maiores dos tempos modernos e falecido em 2021.


Veja também:


Músicas Fofinhas



E veja nossas famosas listas:



Música Popular Brasileira:



E análises de obras



Compreendendo o Maestro:



Saiba, aqui, tudo sobre os Argonautas, um quarteto de MPB Clássica e Contemporânea Autoral Cearense.


Papo de Arara (Entrevistas)



Não esqueça de comentar!

672 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page