top of page
  • Foto do escritorRafael Torres

Sérgio Abreu: A Morte de um Gênio Modesto

Por Rafael Torres

Faleceu dia 19/01/2023 o violonista e luthier carioca Sérgio Abreu. Era uma referência absoluta do violão mundial. Junto a seu irmão, Eduardo, formou um dos duos de violão mais cultuados mundo afora. Porque eles tinham uma técnica imaculada, beirava a perfeição. As gravações que nos chegaram foram de música barroca, em que o duo era especialista (peças de Jean-Philippe Rameau, Domenico Scarlatti, Johann Sebastian Bach) além do mexicano Manuel Ponti, este do século XX, Mario Castelnuovo-Tedesco, italiano, também moderno, o romântico Niccolò Paganini, dentre outros.


Sérgio Abreu em sua lutheria
Sérgio Abreu em sua lutheria, em Copacabana, Rio de Janeiro.

Nascido em 1948, estudou com seu avô, Antonio Rebello e com seu pai Osmar Abreu. Fundou o Duo Abreu com seu irmão Eduardo, em 1963. O Duo teve um estrondoso sucesso em todo o mundo. Após ganharem um prêmio da ORTF (Orquestra da Radiodifusão e Televisão Francesa), em 1967, lançaram seu disco, The Guitars of Sérgio and Eduardo Abreu, em 1968. Em 1970 lançaram o disco The BBC Recital 1970. Em 1973 lançaram, com a Orquestra de Câmara Inglesa e o regente Enrique García Asensio, o álbum 2 Concertos para 2 Violões, em que tocam concertos de Mario Castelnuovo-Tedesco e Guido Santórsola.


Fizeram turnês pelo mundo inteiro, anualmente. Em 1975, Eduardo cansou e desfez o duo. A rotina era extenuante demais. Sérgio continuou em carreira individual até 1981, quando também abandonou os palcos. Chegou a lançar o disco Sérgio Abreu Interpreta Paganini e Sor (Fernando Sor, compositor espanhol dos mais importantes para o violão), em 1980. A partir de 1981 dedicou-se à carreira de luthier de violões, o artesão da construção de instrumentos.


Seu trabalho de luthier foi igualmente bem sucedido e rendeu alguns dos violões mais refinados do mundo. Ele talhava instrumentos no modelo Hauser (Hermann Hauser, luthier do início do século XX), de quem tinha um violão dos anos 30 no seu ateliê em Copacabana, no Rio de Janeiro.


Morreu de complicações pulmonares, em um hospital do Rio de Janeiro, onde estava internado. Músicos do mundo inteiro prestaram suas homenagens pela internet, inclusive o também brasileiro Duo Assad, atualmente un dos mais reconhecidos do mundo.


Sérgio Abreu violão guitar
Violão Sérgio Abreu, de 2008, pertencente a Amauri Machado.

Meu sonho de consumo sempre foi um violão Sérgio Abreu. Esse sonho não morreu, a gente, vez por outra, esbarra com um instrumento dele à venda na internet. Era, talvez, o maior luthier do Brasil, de modo que seu violão não é barato, podendo custar mais de 30.000 reais.



 

E, como sempre, o/a encorajamos a comentar. Para comentar, continue rolando abaixo e encontre a faixa vermelha, abaixo de "Posts Relacionados". Nosso dever é difundir a música clássica, e não sabemos exatamente se estamos conseguindo. Às vezes parecemos rádio-amadores, transmitindo para as galáxias solitárias (possivelmente solitárias). Seu comentário faria muita diferença. Pode ser de pirraça, de elogio, de desabafo, de conversa. O que for. Agradecemos.


Algumas postagens importantes

Uma opção para o dilema de tocar ou não Música Russa nos concertos hoje em dia.

Aqui, 10 Livros Sobre Música Clássica


Compreensão Musical


As Maiores Orquestras do Mundo


Perfil da pianista portuguesa Maria João Pires, postagem da nossa correspondente prodígio lusitana Mariana Rosas, do Blog Pianíssimo (www.pianissimo.ovar.info).


Perfil da violinista francesa Ginette Neveu, falecida aos 30 anos em um acidente de avião, em 1949.


Perfil do pianista brasileiro Nelson Freire, considerado um dos maiores dos tempos modernos e falecido em 2021.


Veja também:


Músicas Fofinhas


As Famosas Listas


Música Popular Brasileira


Análises de obras


Compreendendo o Maestro

Parte 1 - História

Parte 2 - Pra Que Serve?

Parte 3 - Curiosidades


Argonautas

Saiba, aqui, tudo sobre os Argonautas, um quarteto de MPB Clássica e Contemporânea Autoral Cearense.


Papo de Arara (Entrevistas)



Não esqueça de comentar!




157 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page