• Rafael Torres

Seu Bichinho

Eu prometi que não ia falar sobre política. Mas também prometi que seria contraditório.



Oh, seu bichinho

O que é que foi fazer

You made a fool of everyone

E avacalhou de vez

Com o futuro da nação

Oh, seu bichinho

Como é que vai ficar

Quantas cabeças vão rolar

Pra fichinha cair

Na cabecinha que restar

Não dá uma dentro

Toda entrevista é um tormento

Hashtag machista

Hashtag fascista

Hashtags muitas mais

Pega tua frota e sai pra lá

Deixa-me aqui quieto em meu lugar

Leva todo o comitê

Já imaginou o fuzuê

Se todos fossem no mundo

Iguais a você

Oh, seu bichinho

Agora eu era um herói

A minha arma é um violão

Cabeça-chata Boy

E eras tu o arquivilão

Oh, seu bichinho

Que marmelada foi

O kit que te apavorou

De que armário foi

Que essa notícia tu tirou

Teje só passando

É melhor não ir se acomodando

Morde, mas não late

Verás que um filho teu foge ao debate

Amante das artes

Filósofo nato

Um lorde, só que não

Queres sempre tão bem à tortura

Desde que no outro seja a dor

Saudoso, afaga a ditadura

Desde que sendo o ditador

Sem fraquejar, sem frescura

Ponho a boca no trombone

Já começaste a tortura

Ao sacar o microfone


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo