• Luiz Pedro Reis Pinheiro

Top 14 jogos para entrar no mundo dos jogos de tabuleiro modernos.


Olá, meus amigos. Pensando nesse nosso começo de relacionamento, resolvi iniciar essa conversa com vocês apresentando 14 jogos que seriam interessantes para que busquem e tenham um primeiro contato agradável sem demorar tanto assim na etapa “aprender regras”.


E pensando que somos todos iniciantes aqui, dividi entre jogos com poucas regras e bastante interação, e os últimos 4 já são com um tantinho mais de regras para que os senhores possam começar a se aventurar melhor.

A ordem aqui vai de “menor quantidade de regras” para os de “maior quantidade de regras”. E um outro critério utilizado foi que todos os jogos aqui desta lista já têm a sua edição localizada, então é totalmente possível encontrá-los nas lojas brasileiras e com manual em português.


14 – Dixit

(2 – 6 Jogadores)


Dixit é o típico jogo que mesmo aquele seu amigo mais resistente a “joguinhos” vai pedir pra repetir; a mecânica principal do jogo gira em torno de dedução, então se você é do tipo que curte tentar entender a cabeça do amiguinho, com certeza vai amar o jogo. No jogo, todas as cartas possuem artes belíssimas e bem “loucas” em que os jogadores irão se organizar para um "advinhar a carta do outro" através de dicas.



13- Coup

(2 – 6 jogadores)


Coup também é um jogo que tem praticamente só cartinhas, mas o espírito é um tantinho diferente, aqui você e seus amigos irão dialogar para eliminar os seguidores uns dos outros através de blefes e intrigas, até que reste somente um jogador. Aqui temos um jogo de bastante dedução e análise dos participantes, super recomendável para grupos de amigos que gostam de se sacanear no “UNO” mas querem se aventurar por novas águas.


12– Santorini

(2 – 4 jogadores)

Santorini é um jogo lindo com regras bem objetivas e simples. Na prática você apenas mexe o seu bonequinho e constrói um pedaço de estrutura. Fácil né? O charme do jogo reside em algumas cartinhas de deuses e monstros gregos que nos auxiliam a construir e a impedir o nosso oponente de construir.





11– The Climbers

(2 – 5 jogadores)


The Climbers é um joguinho de escalada de montanha, veja bem. Mas escalada de montanha? E isso é legal? Ué, claro que sim, além de escalar a montanha na frente dos seus amigos, você ainda vai alterando a montanha no meio do processo criando toda uma plataforma e estrutura em 3D, super lindo na mesa e quanto mais amigos pra juntar, mais divertido fica.






10– Sugar Gliders

(2 – 4 jogadores)


Sugar Gliders é o típico joguinho simples, quase infantil, que fica cada vez mais legal a medida que os jogadores vão ganhando experiência nele. Aqui nós somos esquilinhos voadores em busca de comida e aquele que conseguir coletar mais comida vence, simples assim. A graça fica em como fazemos isso, escolhas lógicas e tomadas de decisão em busca das melhores rotas nos fazem pensar bem em um joguinho aparentemente bobo.

9 – Hive

(2 jogadores)

Hive entra na lista para aqueles que gostariam de conhecer uma versão moderna e alternativa para o xadrez/dama da vida. Em Hive nós precisamos utilizar um exército de insetos para proteger a nossa rainha do time inimigo. Com movimentações bem peculiares, assim como no xadrez, o Hive acaba se tornando bem estratégico e super divertido.



8 – Azul

(2 – 4 jogadores)



Em Azul você e seus adversários irão competir para ver quem lajota primeiro um muro português. Pois é meus amigos, jogos europeus têm bastantes dessas temáticas “peculiares” mas garanto que a mecânica e organização para tomadas de decisões geram momentos bem descontraídos e por vezes até tensos entre os jogadores.


7– Fórmula D

(2 – 10 jogadores)


Quem nunca quis pilotar um carro de Fórmula 1? Pois bem, em Fórmula D você vai correr em um circuito disputando uma corrida com tudo que tem direito, passar marcha, troca de pneus e ultrapassagens emocionantes, tudo vai depender de o quão ousado você se dispõe a ser.


6 – Bang: Dice


(2 – 8 jogadores)


Mais um jogo de intriga aqui para as senhoras e os senhores: Bang, o faroeste de cartinhas tradicionais, já é um tanto conhecido pelo público brasileiro por ter sido comercializado por essas bandas pelos anos 2000, mas nessa edição com dados, o jogo se torna bem mais dinâmico e divertido, trazendo todas as características do jogo original em descobrir quem são seus aliados e inimigos a medida que o jogo flui, só que mais rápido.

5 – The Manhattan Project: Chain Reaction

(2 – 4 jogadores)



Bem, se você já ouviu falar do Projeto Manhattan já deve saber do que se trata o jogo, mas caso não conheça: aqui você vai criar uma bomba atômica. Este jogo possui uma versão maior e bem mais complexa, mas como o nosso foco aqui são jogos simples, trouxe aqui o Chain Reaction que é um jogo só de cartas, mas com a mesma temática de criar bombas. É um jogo extremamente inteligente quanto ao gerenciamento de cartas que ele propõe, vale a pena conferir.



4 – When I Dream

(4 – 10 jogadores)


Querem jogos fofos também? Aqui temos, vamos brincar de adivinhar o sonho alheio através de dicas e sugestões; o jogo é bem charmoso por ser um jogo semi-cooperativo, ou seja, de um time contra o outro, então, no meio das dicas, surgem algumas bem nada a ver pra confundir a cabeça da pessoas, o que torna o jogo bem divertido, principalmente se quem está tentando adivinhar, curtir, viajar na maionese.





3 – Viral

(2 – 5 jogadores)



Em tempos de vírus em alta, aqui em Viral nós vamos representar vírus atacando o corpo humano, e nossos oponentes serão outros vírus fazendo a mesma coisa, então acabamos por nos destruir e traçar o melhor modo de nos espalharmos no corpo, com mecânicas interessantes de controle de área e planejamento de ação. Surpreenda-se com as ações dos seus oponentes e as vezes mostre a eles o quanto você consegue se antecipar aos seus movimentos.



2 – Takenoko

(2 – 4 jogadores)


Provavelmente o jogo mais bonitinho desta lista, Takenoko é um jogo de cumprir objetivos utilizando bonequinhos de panda e bambus, o tabuleiro deste jogo fica extremamente bonitinho à medida em que o jogo vai evoluindo. Então gerencie as ações que você vai fazer e torne o seu panda feliz comendo os bambus e fazendo pontos.



1– Tiny Epic Galaxies

(2 – 4 jogadores)


Explorar a galáxia é o que você gosta? Pois bem, esse jogo vai suprir perfeitamente as suas necessidades em se achar explorando o espaço e com mecânicas mais simplificadas. A série Tiny Epic é conhecida por criar jogos de caixas pequenas e regras que ficam entre o básico caminhando para o mais avançado. Então ele fica aqui na última colocação porque se você chegou até aqui, já está no ponto de partir para novos horizontes.





Luiz Pedro Reis Pinheiro


Paraense de nascença e cearense de coração, é um genuíno millenial. Adora tanto jogo, que se formou e especializou na área e utiliza este meio como forma de vida e evolução enquanto gente. Mesmo sem querer, ou não, vive em constante mudança, muda de casa, muda de cidade, muda de personalidade, muda de ideia, só procura nunca mudar a sua base. Tirando isso, o que vier de novidade apresentado pelo mundo, aceita de bom grado. Atualmente trabalha como professor universitário e game designer. Sempre que aparece algum projeto legal, tenta se focar em projetos educativos e sociais com o ideal em utilizar os jogos para a evolução das pessoas.

1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo